quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Os aeroportos mais afetados pela greve na aviação

São Paulo - O aeroportos do Brasil amanheceram nesta quinta-feira com voos atrasados e cancelados. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a paralisação dos trabalhadores da aviação causou atrasos em 7,7% dos voos e 19% deles foram cancelados no período das 6h às 9h da manhã.
Os aeroportos mais afetados foram Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro, que respectivamente tiveram 27,6% e 25,6% dos voos cancelados.
Veja na tabela abaixo a situação de atrasos e cancelamentos nos principais aeroportos do país até as 9h da manhã. Ainda não foram divulgados dados sobre o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. 
Aeroportos% de atraso% de cancelamento
Congonhas (SP)29,30%27,60%
Santos Dumont (RJ)30,80%25,60%
Campinas (SP)18,60%14%
Curitiba (PR)21,40%10,70%
Fortaleza (CE)18,20%9,10%
Brasília (DF)11,10%8,30%
Porto Alegre (RS)53,30%6,70%
Galeão (RJ)18,50%3,70%
Recife (PE)13,30%3,30%
Confins (MG)26,50%2,90%
Salvador (BA)9,80%0%
Fonte: Anac
A interrupção dos serviços ocorreu entre as 6h e as 7h. Pilotos, comissários, mecânicos, operadores de equipamento e agentes de atendimento participaram da greve. 
As categorias pedem reajuste de 8,5% nos salários e benefícios. Está na pauta também reinvindicações ligadas ao gerenciamento de risco do cansaço dos tripulantes e à segurança de voo.
Reportagem: EXAME.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário